Tempo de leitura:

Examinar a estrutura do mercado Forex

Examinar a estrutura do mercado Forex

Índice

Examinar a estrutura do mercado Forex

O mercado Forex é quase um exemplo do conceito de mercado ideal. Um mercado é essencialmente um local onde compradores e vendedores se juntam. As condições ideais de mercado são alcançadas quando muitos compradores e vendedores estão bem informados sobre os melhores preços disponíveis, tal como se encomendasse rapidamente a sua pizza preferida e a recebesse a um preço imbatível. O mercado Forex funciona segundo este princípio e centra-se exclusivamente no câmbio de moedas.

Características do mercado descentralizado

Num mercado centralizado, onde domina um único vendedor, como um banco ou uma pizzaria, este tem autonomia para fixar os preços e, eventualmente, manipulá-los à vontade. Uma estrutura de mercado deste tipo prejudica geralmente os consumidores, para além da autoridade central que exerce o controlo. Em contrapartida, o mercado forex moderno é descentralizado e oferece um ambiente de negociação dinâmico e mais justo.

Participantes no mercado Forex - Estrutura de mercado descentralizada

O mercado Forex transformou-se numa arena mais eficiente devido à revolução tecnológica, caracterizada pela sua natureza descentralizada. Isto significa que nenhuma entidade controla o mercado. Em vez disso, um grande número de participantes influencia os preços dos pares de moedas, levando a uma variedade de preços de diferentes operadores. O preço de negociação visto pelos operadores privados é derivado da melhor oferta no pool de liquidez.

Apesar de parecer complexo, o mercado Forex está bem organizado, semelhante a uma estrutura em camadas.

Camada superior: O mercado interbancário

Aqui, os principais bancos com grandes volumes de divisas negoceiam diretamente entre si ou através de corretores electrónicos ou de voz, como a Reuters Matching e a EBS (Electronic Brokering Services). Este ambiente competitivo está orientado para a obtenção das melhores taxas possíveis através de uma ampla conetividade. Diferentes pares de moedas podem ter uma liquidez diferente consoante o corretor. Embora todos os bancos deste estrato possam ver as taxas uns dos outros, as transacções dependem de factores como a reputação e a capacidade de crédito.

Camada intermédia: O mercado institucional

Logo abaixo do mercado interbancário, este nível inclui os fundos de retorno absoluto, os corretores criadores de mercado a retalho, os corretores ECN e as instituições financeiras que não têm uma relação direta com os bancos de primeira linha. Negoceiam com bancos comerciais e são uma ponte entre o mercado interbancário e os comerciantes de retalho. As taxas aqui são ligeiramente mais caras do que as do mercado interbancário, mas ainda assim mais favoráveis do que as taxas de retalho.

Camada inferior: O mercado retalhista

Inicialmente excluídos, os retalhistas participam agora ativamente na negociação Forex graças ao comércio eletrónico, à Internet e aos corretores de retalho. Embora possam não ter acesso a taxas tão vantajosas como as do mercado interbancário, os avanços tecnológicos e a concorrência entre corretores melhoraram as condições para os comerciantes a retalho.

Experimente já a
plataforma de negociação
MetaTrader 5!
Esse artigo foi útil?