Tempo de leitura:

O que é que o Average True Range (ATR) significa na negociação?

O que é que o Average True Range (ATR) significa na negociação?

Índice

  • Como funciona o indicador Average True Range (ATR)?
  • Aplicação do ATR na negociação: Um exemplo
    • Considerações importantes
  • Aplicando o ATR no Day Trading
    • Consideração importante
  • Aplicar o Average True Range para um Trailing Stop-Loss
  • Perguntas frequentes (FAQs)
    • Que informações fornece o intervalo médio verdadeiro?
    • Qual é o valor adequado a empregar para um indicador de gama média real?

O Average True Range (ATR) é uma ferramenta de análise técnica que mede a volatilidade do mercado, mostrando as flutuações médias no preço de um ativo durante um período específico.

Pontos-chave
  • O Average True Range (ATR) avalia a volatilidade do mercado mostrando o movimento médio do preço de um ativo dentro de um período de tempo definido.
  • O período de tempo típico utilizado para o ATR é de 14 dias, embora durações mais curtas também possam ser aplicadas.
  • J. Welles Wilder, Jr., desenvolveu o ATR.
  • O indicador pode ajudar os day traders a determinar o momento certo para entrar numa transação, e pode ser utilizado para definir a posição de uma ordem stop-loss.

Como funciona o indicador Average True Range (ATR)?

O indicador ATR flutua à medida que os movimentos de preços em um ativo aumentam ou diminuem. A cada período de tempo que passa, um novo valor de ATR é determinado. Por exemplo, em um gráfico de um minuto, um novo valor ATR é calculado a cada minuto. Da mesma forma, num gráfico diário, um novo ATR é calculado a cada dia. Estes cálculos são representados graficamente para criar uma linha contínua, permitindo que os investidores observem como a volatilidade mudou ao longo do tempo.

Para determinar o ATR de hoje, é preciso primeiro calcular uma série de True Ranges (TRs). O TR para hoje seria o maior valor derivado dessas condições:

  • A diferença entre a alta de hoje e o fechamento de ontem
  • A diferença entre a mínima de hoje e o fechamento de ontem
  • A diferença entre a máxima de hoje e a mínima de hoje

O sinal do número não é importante. O cálculo usa o valor mais alto absoluto. Depois de identificar o valor máximo, deve incorporá-lo no seu cálculo. Se estiver a considerar um período de 14 dias, deve examinar os dados dos 14 dias que produziram os valores mais elevados. Estes valores seriam depois somados e divididos por 1/n, em que n representa o número de períodos. Isto fornecerá o ATR anterior, que é necessário para o cálculo abaixo.

Normalmente, 14 é o número de períodos utilizados no cálculo. J. Welles Wilder, Jr., o criador do ATR, utilizou a seguinte equação para períodos subsequentes - uma vez que o ATR inicial de 14 períodos foi estabelecido - para tornar os dados mais digeríveis:

ATR actual = ((ATR anterior x 13) + TR actual) / 14

Aplicação do ATR na negociação: Um exemplo

Os day traders podem utilizar os dados ATR, que fornecem uma visão sobre o quanto um ativo geralmente flutua dentro de um determinado período, para definir objetivos de lucro e decidir se deve ou não prosseguir uma negociação.

Imagine que calculou o ATR dos últimos 14 dias para a ação ABC e descobriu que era de $2. Ao observar a ação hoje, nota os seguintes detalhes:

  • O máximo de hoje = $43
  • O mínimo de hoje = $38
  • O fecho de ontem = $40

Agora, vamos determinar o actual intervalo verdadeiro selecionando o valor máximo destes três cálculos:

  • $43 - $40 = $3
  • $38 - $40 = -$2
  • $43 - $38 = $5

Utilizaremos $5 por ser o valor mais alto. Isto pode ajudar a determinar o ATR atual do período de 14 dias, dando uma ideia da volatilidade potencial da ação.

A fórmula seria aplicada da seguinte forma: (($3 x 13) + $5) / 14 = $3,14

Vamos assumir que não há notícias significativas, mas a ação já subiu $5 no dia. O preço já aumentou 47% mais do que a média ($3,14) e está a receber um sinal de compra desta estratégia. Embora o sinal de compra possa ser válido, considerando que o preço já se moveu significativamente mais do que a média, pode não ser sensato apostar que o preço continue a subir e expandir ainda mais o intervalo. Isto iria contra as probabilidades.

Dado que o preço já registrou um aumento considerável e se moveu mais do que a média, é mais provável que desça e se mantenha dentro do intervalo de preços já estabelecido. Embora não seja recomendável comprar quando o preço está perto do topo da gama diária - e a gama é significativamente maior do que a média - vender ou vender a descoberto pode ser uma boa opção, assumindo que um sinal de venda válido se apresenta.

Considerações importantes

A decisão de entrar ou sair de uma transação não deve depender apenas do ATR. O ATR deve ser usado como uma ferramenta de assistência, juntamente com uma estratégia abrangente, para ajudar a filtrar as transações.

Por exemplo, no cenário acima, deve evitar vender ou vender a descoberto apenas porque o preço subiu e o intervalo diário excede o habitual. Só se surgir um sinal de venda válido, com base na sua estratégia específica, é que o ATR servirá para validar a transação.

O inverso também pode acontecer quando o preço cai e é negociado perto do mínimo do dia, e a gama de preços do dia é invulgarmente grande. Nesse caso, se uma estratégia gerar um sinal de venda, ela deve ser tratada com extrema cautela ou desconsiderada por completo. Embora seja possível que o preço continue a diminuir, esse não é o resultado mais provável. É mais provável que o preço aumente, permanecendo dentro dos máximos e mínimos diários já definidos. Procure um sinal de venda que esteja de acordo com a sua estratégia.

Também é recomendável examinar os valores históricos de ATR. Mesmo que a ação esteja atualmente a ser negociada para além do ATR existente, esse movimento pode ser bastante normal quando se considera o histórico de negociação da ação.

Aplicando o ATR no Day Trading

Ao usar o ATR para day trading em gráficos intradiários, como gráficos de um ou cinco minutos, notará que o ATR tende a aumentar logo após a abertura do mercado. Para ações, quando as principais bolsas dos EUA começam a negociar às 9:30 da manhã, hora de Leste, o ATR regista um pico no primeiro minuto. Isto acontece porque a abertura do mercado é a altura mais volátil do dia e o ATR está simplesmente a reflectir esta maior volatilidade em comparação com o fecho do dia anterior.

Após o aumento inicial na abertura, o ATR geralmente diminui durante a maior parte do dia. As flutuações no indicador ATR ao longo do dia não oferecem muita informação, exceto para indicar o movimento médio dos preços a cada minuto. Da mesma forma que usam o ATR diário para avaliar o quanto um ativo se move num dia, os day traders podem empregar o ATR de um minuto para estimar o potencial movimento de preços nos próximos cinco ou dez minutos. Isto pode ajudar a definir objectivos de lucro ou ordens de paragem de perda.

Consideração importante

Considere o seu lucro esperado, divida-o pelo ATR, e esse é normalmente o número mínimo de minutos que levaria para o preço atingir o seu objetivo de lucro.

Por exemplo, se o ATR no gráfico de um minuto for 0,03, isso significa que o preço está a mudar cerca de 3 cêntimos por minuto. Se estiver a prever um aumento de preço e decidir comprar, pode antecipar que provavelmente demorará pelo menos cinco minutos para que o preço suba 15 cêntimos.

Aplicar o Average True Range para um Trailing Stop-Loss

Um trailing stop-loss serve como uma medida de proteção para sair de uma transação quando o preço do ativo se move desfavoravelmente. No entanto, também permite o ajuste do ponto de saída quando o preço se está a mover de forma benéfica. Os operadores diários utilizam frequentemente o ATR para identificar os locais adequados para o seu trailing stop-loss.

Ao executar uma transação, verifique o valor atual do ATR. Como guia geral, pode multiplicar o ATR por dois para estabelecer um ponto de paragem de perda sensato. Assim, se estiver a comprar uma ação, pode definir um stop-loss a um nível que seja o dobro do valor ATR abaixo do preço de entrada. Se estiver a vender uma ação a descoberto, deve colocar o stop-loss a um nível que seja o dobro do ATR acima do preço de entrada.

Se a negociação for longa e o preço se mover a seu favor, continue ajustando o stop-loss para um nível que seja o dobro do ATR abaixo do preço atual. Neste caso, o stop-loss só se move para cima, nunca para baixo. Uma vez deslocada para cima, permanece lá até que possa ser elevada novamente, ou a transação é fechada devido à descida do preço para o nível da paragem de perda móvel. O mesmo método aplica-se às transações curtas, exceto que a paragem de perda só se desloca para baixo.

Por exemplo, imagine que entra numa transacção longa a $10, e o ATR é de 10 cêntimos. Colocaria um stop-loss em $9,80 (2 * 10 cêntimos abaixo de $10). O preço aumenta para $10,20, com o ATR a manter-se nos 10 cêntimos. O trailing stop-loss é agora aumentado para $10. Quando o preço sobe para $10,50, o stop-loss sobe para $10,30, garantindo pelo menos um lucro de 30 cêntimos na transação. Este processo continua até que o preço desça para atingir o ponto de paragem de perda.

Perguntas frequentes (FAQs)

Que informações fornece o intervalo médio verdadeiro?

O Average True Range (ATR) serve como um indicador de volatilidade, oferecendo uma ideia da extensão em que o preço de uma ação pode se mover. Esta informação, quando utilizada juntamente com outros indicadores e estratégias, ajuda os day traders a determinar os pontos ideais para entrar e sair das transações.

Qual é o valor adequado a empregar para um indicador de gama média real?

O valor convencional aplicado num indicador ATR é 14, o que corresponde a um período de 14 dias. No entanto, esta não é a única abordagem eficaz. Se estiver interessado em concentrar-se nos níveis de volatilidade recentes, um número menor que represente uma duração mais curta pode ser mais adequado. Para investidores de longo prazo que procuram uma medida mais abrangente, um número maior pode ser preferível.

Esse artigo foi útil?